O prefeito eleito de Salvador, Bruno Reis (DEM), deve se reunir nos próximos dias com o governador Rui Costa (PT) para começar a planejar o retorno das escolas na capital baiana. Se os números de infectados pelo coronavírus reduzirem após as festas de fim de ano, o democrata acredita que os estudantes poderão voltar às salas de aula em segurança em fevereiro de 2021.

“Já vínhamos programando o retorno das escolas há meses, mas aí chegou a segunda onda e estamos preocupados. Se não retomarmos até no máximo o início de fevereiro, vai comprometer o calendário de 2021 e aí serão dois anos prejudicados. Iremos nos reunir, prefeitura e governo do estado, para tratar da retomada da educação a fim de que possamos construir um calendário único, sincronizado e com segurança”, relatou Reis. 

Nesta sexta-feira (25), ele foi entrevistado pelo apresentador José Eduardo, no programa Balanço Geral, da RecordTv Itapoan, e se mostrou muito preocupado com as consequências dos comportamentos descuidados de parte da população durante os encontros de Natal e Ano Novo.

“A prefeitura está fazendo a sua parte, mas a população precisa fazer a sua. Se conseguirmos controlar os números, poderemos retomar as aulas em fevereiro, após conversar com o governo do estado”, acrescentou o prefeito eleito.
 

Você pode gostar de

RECEBA Nossa NEWSLETTER

Anúncio