Docentes e estudantes das universidades estaduais da Bahia encontraram a entrada da Secretaria Estadual da Educação (SEC) tomada pela tropa de choque da PM na tarde desta terça-feira (04).

Há quase dois meses em greve e com salários cortados, os professores afirmam que reivindicam pacificamente ao governo do Estado, comandado por Rui Costa (PT), maior recurso financeiro, autonomia de gestão, educação pública de qualidade, respeito aos direitos trabalhistas e política eficaz de permanência estudantil.

Você pode gostar de

RECEBA Nossa NEWSLETTER

Anúncio